Dor de cotovelo (Mardilê Friedrich Fabre)

Dor de cotovelo
(Mardilê Friedrich Fabre)

Não. Não é ciúme.
É só um zelo desmedido,
face negra do amor.

Em Poesia em Gotas. Haicais, tancas, fibhaikus, poetrix/ Mardilê Friedrich Fabre,
2009, Editora Oikos Ltda., São Leopoldo (RS) Brasil, pág. 77.

Você pode gostar...

Send this to a friend