E maio, para Olenka (Olga Savary)

E maio, para Olenka
(Olga Savary)

O dia passou tão depressa
que só houve uma vontade de sono
sobre o desejo de escrever um poema.

Hiberna, caixa de música.

Publicado originalmente no livro Espelho Provisório (1950-1970).
Em Haikais/ Olga Savary, Roswitha Kempf Editores,
São Paulo (SP) Brasil, 1986, pág. 25.

Você pode gostar...

Send this to a friend