De Verso em Verso IX (Antonio Kleber Mathias Netto)

De Verso em Verso
IX
(Antonio Kleber Mathias Netto)

O que jamais vivi, revivo intensamente,
lavrando a história da ilusão sem preconceito,
deixando minha alma em devaneio, livre, nua,
cantando o que foi sonho em versos de prazer.

Desnudo amantes que não tive, dou-lhes beijos,
deito seus corpos nas alfombras guarnecidas
e alcanço o gozo repetido nos mistérios
da conjunção do amor sublime das libidos.

No dadivoso mergulhar da alma nos sonhos,
emerge o esteta e a inspiração concupiscente,
multiplicando a poemática do enlevo.

Em Quarenta Sonetos Sem Pecado/ Antonio Kleber Mathias Netto,
Editora do Autor, Rio das Ostras (RJ) Brasil, 1997.

Você pode gostar...

Send this to a friend