As rosas XI (Rainer Maria Rilke)

As rosas
XI
(Rainer Maria Rilke)

Sinto tanto e tão fundo teu
ser, rosa completa,
que ao te receber te confundo
com meu próprio ser em festa.

Eu te respiro como se tu fosses,
rosa, toda a vida
e me sinto o amigo perfeito
de uma tal amiga.

Em As rosas/ Rainer Maria Rilke; tradução e prefácio Janice Caiafa,
Livraria Sette Letras Ltda., Rio de Janeiro, (RJ) Brasil, 1996, pág. 41.

Você pode gostar...

Send this to a friend