Lembrando você (Yedda Lamounier)

Lembrando você
(Yedda Lamounier)

Hoje o dia está cinzento…
— Cinzento igual em minh’alma.
Berçando ao sôpro do vento,
a saudade que êle empalma.

Hoje o dia está cinzento…
E dentro de mim, num trauma,
borbulha meu pensamento,
perturbando minha calma.

Hoje o dia está cinzento…
— Ninguém liga… — ninguém vê…
— A tristeza que é pra mim.

Parece que o firmamento
lembrando hoje de você,
se enluta também, assim.

Em Soluços do Coração – poesia/ Yedda Lamounier,
Gráfica Editôra Livro S.A., Rio de Janeiro (RJ), Brasil,
1965, pág. 25.

 

Você pode gostar...

Send this to a friend