Mãe (Yedda Lamounier)

 

 

Mãe
(Yedda Lamounier)

Por entre os atropelos desta vida,
na voragem de sonho e dissabor,
a verdadeira mãe, despercebida,
sabe sanar tão bem nosso amargor.

Muitas vezes por nós vive esquecida,
neste vale de lágrimas e dor.
Mas está sempre pronta, desprendida,
quando nós precisamos seu amor.

E vai ao nosso lado procurando,
amenizar feliz, nosso caminho.
Assim, vamos seguindo, sem notar,

que as suas mãos bondosas vão sangrando,
arrancando, sorrindo, cada espinho,
que possa por acaso nos magoar.

Em Soluços do Coração – poesia/Yedda Lamounier,
Gráfica Editôra Livro S.A., Rio de Janeiro (RJ), Brasil,1965, pág. 162.

 

 

Você pode gostar...

Send this to a friend