Soneto V (Antonio Kleber Mathias Netto)

Soneto V
(Antonio Kleber Mathias Netto)

Quero o gesto das mãos como brinquedo,
seja o teu beijo pura fantasia.
Ao lume da ilusão que se faz chama,
decifrarás o amor devagarinho.

Ao inteiro dever do verbo-encanto,
entrego a frase ativa do meu sonho,
para em volteios livres de pressões
fazer-te entregue aos jogos sensuais.

Na quietude da noite faço festa,
com meus versos elétricos, sem rima,
encobrindo as entranhas da libido.

Mas quando finalmente despertares,
sob a maturidade dos anseios,
serás sensualidade à flor da pele.

Em Quarenta Sonetos Sem Pecado/Antonio Kleber Mathias Netto,
Editora do Autor, Rio das Ostras (RJ) Brasil, 1997.

Você pode gostar...

Send this to a friend