Poema de Amor (Adalgisa Nery)

Poema de Amor
(Adalgisa Nery)

Ouve-me com teus olhos
porque minha queixa é muda.
Acaricia-me com teu pensamento
porque meu corpo está imóvel.
Beija-me com tuas mãos
porque minha bôca te espera.
Fala-me com o silêncio dos momentos de amor
porque os ouvidos da minha vida
se abrirão como as flôres
na úmida e infinita madrugada.

Em Mundos Oscilantes – Poesia Reunida/ Adalgisa Nery,
Livraria José Olympio Editôra S.A., Rio de Janeiro (RJ) Brasil,
1962, pág. 168.

 

Você pode gostar...

Send this to a friend