Soneto (Augusto Frederico Schmidt)

Soneto
(Augusto Frederico Schmidt)

Ela dançando parecia a imagem
da roseira que os ventos estremecem,
tais os perfumes que fugiam dela,
tal a impressão de rosa espetalada.

Rodopiava ligeira: os pés tão leves
mal tocavam no chão; nos doces ares
parecia pairar, visão graciosa,
com o seu branco vestido inesquecível.

Que pensamentos fáceis e felizes
se escondiam por trás dos seus cabelos
soltos à força do rodar das valsas!

Que sentimentos doces de esperança
não te animavam, clara Josefina,
ó dançarina frágil como as rosas…

Em Sonetos/Augusto Frederico Schmidt, Rio Gráfica e Editora Ltda.,
Rio de Janeiro (RJ), Brasil, 1965, pág. 81.

Você pode gostar...

Send this to a friend