Meias de jornal (Flora Figueiredo)

Meias de jornal
(Flora Figueiredo)

Pés no chão, endurecidos de tão frios.
Nus, como o verde da palmeira
que lava-enxuga, lava-enxuga.
Para a crueza da noite, meias estampadas:
são folhas do jornal de sexta-feira.
Uma luz de alumínio sobre a manchete:
A CPI DA CORRUPÇÃO DEU EM NADA.
… no corrimão da madrugada, dorme um pivete.

Em Chão de Vento/ Flora Figueiredo, 1ª edição,
Geração de Comunicação Integrada Comercial Ltda.,
São Paulo (SP), 2005, pág. 24.

Você pode gostar...

Send this to a friend