Repouso (Adalgisa Nery)

Repouso
(Adalgisa Nery)

Dá-me tua mão
e eu te levarei aos campos musicados pela canção das colheitas
cheguemos antes que os pássaros nos disputem os frutos,
antes que os insetos se alimentem das fôlhas entreabertas.
Dá-me tua mão
e eu te levarei a gozar a alegria do solo agradecido,
te darei por leito a terra amiga
e repousarei tua cabeça envelhecida
na relva silenciosa dos campos.
Nada te perguntarei,
apenas ouvirás o cantar das águas adolescentes
e as palavras do meu olhar sôbre tua face muito amada.

Da obra original “As Fronteiras da Quarta Dimensão” em Mundos Oscilantes – poesia reunida/ Adalgisa Nery, Livraria José Olympio Editôra S.A., Rio de Janeiro (RJ) Brasil, 1962, pág. 233.

Você pode gostar...

Send this to a friend