Cântico VII (Cecília Meireles)

Cântico
VII
(Cecília Meireles)

Não ames como os homens amam.
Não ames com amor.
Ama sem amor.
Ama sem querer.
Ama sem sentir.
Ama como se fosses outro.
Como se fosses amar.
Sem esperar.
Por não esperar.
Tão separado do que ama, em ti,
que não te inquiete
se o amor leva à felicidade,
se leva à morte,
se leva a algum destino.
Se te leva.
E se vai, ele mesmo…

Em Cânticos/ Cecília Meireles, 3ª edição, Editora Moderna Ltda.,
São Paulo (SP), 2003, pág. 23.

Você pode gostar...

Send this to a friend