Cântico III (Cecília Meireles)

Cântico
III
(Cecília Meireles)

Não digas onde acaba o dia.
Onde começa a noite.
Não fales palavras vãs.
As palavras do mundo.
Não digas onde começa a Terra,
Onde termina o céu.
Não digas até onde és tu.
Não digas desde onde é Deus.
Não fales palavras vãs.
Desfaze-te da vaidade triste de falar.
Pensa, completamente silencioso.
Até a glória de ficar silencioso,
sem pensar.

Em Cânticos/ Cecília Meireles, 3ª edição, Editora Moderna Ltda.,
São Paulo (SP), 2003, pág. 15.

Você pode gostar...

Send this to a friend